Sabrina Torres

...Amar e ser amada, é a maior fortuna que se pode ter...































Meu lado mais preverso







Quando as curvas estonteiamo meu lado mais perversominhas mãos estão prontaspara recurvar o teu corponum desejo crescido e maduropara vedar o mundo….- só nosso!







Helena Correia



















Plena mulher Decifra meu corpo com tuas caricias,percorre os côncavo, as planíciese sinta-se o calor que eclodedeste vulcão prestesa explodir quandotocado por suas mãos.Decifra meus desejoscom teu saboroso beijo,despertando este fulgorque me faz perder o pudore te amar sem reservassem medo de ser felizcom total entrega.Vem toda famintaBuscando seu prazer,Uma felinaEmaranhando-me todo,fazendo-me esvoaçar gemido,gritos de tesãopelas loucurasde teus lábios e mãos.Vem alucinada,desejando ser amada...Sinta-me todo dentro de você,Deixe que a fantasia faleE se complete em seu prazer,para deguste toda deliciade um gozo esplendido, fazendo-te sentirplena mulher.



Ataíde Lemos











Sua Sensualidade Na sensualidade de seu corpoMergulho na inspiração Permitindo a elaTodo tipo de imaginação.Viajo até as estrelas Em teu perfume exalado nos ares Atraído por certa magia Navego na extensão de teus mares.As curvas sinuosas de seu corpoAquecido ficam meus desejos Excitando o corpo inteiroDesejando suas caricias e beijos.Você estimula meus instintosProvocando em mim fervura Estimulando a libido Levando-me cometer loucura.Sua sensualidade é como poesia erótica Que ao ler incita ao prazer Acendendo no corpo inteiro Veleidade difícil de conter.

Ataíde Lemos

























































































































































































































































"di chi serve una bella faccia, un fisico curato, se non abbiamo niente da ofrire? Ofrire come donne, come essere umano?































































































































































































































































Ho seguido mia strata, sempre con la verita, ho trovato mio amore, perche sempre sono stata vera...e fine al fine, saro cosi..."































































































































Benvenuti al mio space!































Aspeto che il contenuto del blog vi hanno piaciuto, se si desidera ancora di più, posso inviare via e-mail, piccoli video fatto da me, con durata di 5 minuti piu o meno, dove vedranno una donna masturbarsi e veramente raggiungere l'estasi, sensa buggia ... Il costo è di 5 € ogni video e si può pagare tramite pay Pal.































baci, baci!








































































































































































































































































































































































































































































































































































































































































































Amor Virtual Ao vermos viajamos em pensamentosNossos corpos queimam de intensos desejosPela imaginação acariciamos em intensos beijos Envolvidos em prazer e sentimentos.Mesmo não tendo como nos tocar Sentimos juntos; eu em você, você em mim É loucura esta compulsão, mas enfimFicamos em êxtase somente em nos olhar.Excita-me com suas insinuações corporaisBasta ver tuas mãos pelo corpo caminharQue logo minhas mãos vão te buscar.Sem toques, sem contatos de peleRealizamos-nos num prazer real Mesmo fazendo amor virtual.
Ataíde Lemos